Limite de detecção

From WikiBr
Jump to navigation Jump to search

Limite de detecção, ou LOD (limit of detection), é a mais baixa quantidade de um analito que pode ser distinguido da ausência dessa substância (um valor em branco) dentro de um intervalo de confiança declarado (geralmente 1%).[1][2] O limite de detecção é calculado a partir da média do desvio padrão do branco e algum fator de confiança. Outra consideração que afeta o limite de detecção é a precisão do modelo utilizado para prever a concentração a partir do sinal analítico não tratado.

Referências

  1. IUPAC, Compêndio de Terminologia Química, 2ª ed. ("Gold Book"). Compilado por A. D. McNaught e A. Wilkinson. Blackwell Scientific Publications, Oxford (1997). Versão online: "{{{título}}}"  (2006–) criado por M. Nic, J. Jirat, B. Kosata; atualizações compiladas por A. Jenkins. ISBN 0-9678550-9-8.
  2. MacDougall, Daniel.; Crummett, Warren B.; et al. (1980), «Guidelines for Data Acquisition and Data Quality Evaluation in Environmental Chemistry», Anal. Chem., 52: 2242–49, doi:10.1021/ac50064a004